Que viva alegre, quer me punjam dores, jamais esqueço minha mãe querida, pois trago dentro de mim, como esculpida, a imagem dela armada de fulgores.

Padre Antônio Tomás
  • para Facebook
  • de homenagem
  • para falecida

Avalie
4.0 (2)

Não mostrar mais: Eu já curto vocês!

Curte a gente no Facebook?